Home

Opinião Sensitiva

Economia

Algumas ações que mudariam o plano econômico: O governo distribuindo mais ajuda aos investimentos das empresas brasileiras e não procurando incentivar fábricas estrangeiras, com a desculpa de mais empregos.
Para liberar financiamentos de lavoura, pecuária, moradia, empresas. O Ministério da Economia tem de gerar uma comissão com regras pré estabelecidas para liberar esses benefícios; é inadmissível financiar plantio de grãos, maquinários agrícolas, e dar uma safra recorde; se ao plantar no novo ano, pedem novo financiamento sem quitar o anterior. São milhões ou bilhões de prejuízo à nação.

Últimas |


SAÚDE - Serão feitos seminários, congressos e cursos para médicos, quanto ...leia mais.

...........................................................................................................

SEGURANÇA - Em caso de assassinato, assalto, agressão física, estelionato ...leia mais.

...........................................................................................................

TRABALHO - Um processo trabalhista deve constar somente aquilo que foi a causa da rescisão ...leia mais.

...........................................................................................................

EDUCAÇÃO - Educar no Brasil é muito falho, os pais entregam os filhos para as escolas ...leia mais.

...........................................................................................................

HABITAÇÃO - Quanto as Terras, serão favorecidas os empresários e os donos de terra ...leia mais.

...........................................................................................................

TRANSPORTE - Todas as estradas federais, estaduais e intermunicipais terão um limite máximo ...leia mais.

...........................................................................................................

Resolução CFM N° 1.499/98

O Conselho Federal de Medicina, no uso das atribuições conferidas pela Lei n° 3.268, de 30 de setembro de 1957, regulamentada pelo Decreto n° 44.057, de 17 de julho de 1958, e regido pela Lei n° 9.649, de 27 de maio de 1998. RESOLVE: Art. 1° – Proibir aos médicos a utilização de práticas não reconhecidas pela comunidade científica. Art. 2° – O reconhecimento científico, quando ocorrer, ensejará Resolução do Conselho Federal de Medicina oficializando sua prática pelos médicos no país. Art. 3° – Fica proibida qualquer vinculação de médicos a anúncios referentes a tais métodos e práticas. Uma vez que a medicina oficial não pode exercer técnicas alternativas sobre o prejuízo de perder o credenciamento médico, por lógica as técnicas alternativas e sensitivas não podem ser consideradas medicina oficial.